sexta-feira, 14 de maio de 2010

Onde estão as minhas asas?


...eu não preciso me preocupar com vírgula, acento,ponto!

existe um sentido nisso tudo, eu acredito nisso por isso voltei a escrever...

você vai para um lugar que eu nem sei como se chama.

tem medo de me machucar?

eu não teria!

não somos espelhos.

Então o que é diferente assusta?

perdi tanto do meu suor nessas esquinas, tempo de guerra.

A vida quer ser serena, fonte de prazer.

me ensina a voar com você!

falta somente isso para consumir nesse fogo.

parece por acaso, aparece que eu preciso te dizer o quanto eu te adoro.

Um comentário:

Black Queen disse...

Passando,conhecendo,gostando e comentando.
um post com bastante sentimento.
beijos!